AET

A legislação brasileira determina que o empregador realize Análise Ergonômica do Trabalho.

As avaliações incluem aspectos relacionados ao

  • levantamento,
  • transporte e descarga de materiais,
  • ao mobiliário,
  • equipamentos,
  • condições ambientais do posto de trabalho
  • organização do trabalho.

A partir da análise das condições técnicas, ambientais e organizacionais, a AET propõe a adaptação do homem ao seu posto de trabalho, sempre com foco na saúde e segurança das pessoas.

Para que serve a Analise Ergonômica do Trabalho

Segundo a NR-17 no item 17.1.2:

A AET serve para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido nesta Norma Regulamentadora.

Resumo da Norma Regulamentadora 17:
Visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às condições psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

Serviços que oferecemos:
• Análise ergonômica do trabalho (AET);
• Treinamento para formação de comitê de ergonomia (COERGO);
• Laudo de Acessibilidade; Gestão da inclusão e acessibilidade das pessoas com deficiência;
• Treinamento Interno de conscientização sobre inclusão de pessoas com deficiência.

Validade:
Sem validade específica. Podem necessitar de adequação.

Entre em contato com um de nossos consultores por esse link e peça uma avaliação gratuita.